terça-feira, 9 de março de 2010

Tecnologia de correção de fluxo


Belém sediou, de 23 a 27 de fevereiro de 2010, na Faculdade Ipiranga, o Curso do Programa de Correção de Fluxo Escolar na Alfabetização GEEMPA/FNDE/SEMEC, com programação intensiva, sob orientação da Profa. Dra. Esther Pillar Grossi, para formação de professores na tecnologia de alfabetização do GEEMPA - Grupo de Estudos sobre Educação, Metodologia de Pesquisa e Ação, com sede em Porto Alegre – RS (saiba mais em: www.geempa.org.br). O foco da tecnologia é alfabetização em 3 meses.

Além de Belém, com 157 participantes, participaram do Curso professores de outros municípios paraenses: Anajás (15), Bagre (09), Garrafão do Norte (04), Inhangapi (04), Moju (12), Nova Esperança do Piriá (02), São Franscisco do Pará (03), São Sebastião da Boa Vista (05), Santarém Novo (04), Soure (05), Tucuruí (11). O curso contou com a participação de 231 professores. Esses professores atuarão nas turmas do Programa nas escolas municipais.

Para estudar aula entrevista, houve momentos em que o curso contou com a participação de 125 alunos de CI 1o. ano das escolas municipais de Belém: Ernestina Rodrigues, Rui Brito, U. P. Bom Jardim, U.P. São Franscisco de Assis.

O programa visa reintegrar alunos nos níveis de aprendizagem que lhes correspondem no sistema escolar. Os alunos permanecem frequentando as aulas de suas turmas regulares, mas passam a integrar, durante três meses, uma nova turma com 25 alunos que estão no mesmo nível de conhecimentos, isto é, com um núcleo comum de competências. Esta nova turma tem três aulas semanais com a duração de três horas no turno inverso ao de sua classe regular. Os responsáveis por elas devem realizar em cada semana uma reunião de estudos sobre a metodologia em uso e num quinto dia de cada semana fazer o preparo de fichas e de materiais didáticos próprios para seus alunos.

A tecnologia do Geempa implica em uma renovação metodológica profunda. Ela trabalha com um novo paradigma e requer atualização de parte dos professores, sobre os quais recai a principal responsabilidade do êxito do programa. Eles devem ser apoiados pelos supervisores, orientadores, coordenadores que também foram convocados a se formarem nesta metodologia.

O objetivo da tecnologia consiste em acertar o passo das aprendizagens escolares a partir do seu limiar fundamental, que é a aquisição da leitura e da escrita de um texto.

Um comentário:

  1. A leitura e a escrita infelizmente não estão sendo assimiladas nas séries previstas pelos alunos. A dificuldade para este aprendizado está relacionada a vários fatores. Que a utilização da tecnologia venha contribuir para minimizar este obstáculo tão patente nos nossos alunos.

    ResponderExcluir