segunda-feira, 26 de setembro de 2011

PROVINHA BRASIL FOI O TEMA DA FORMAÇÃO DOS COORDENADORES




No dia 23 de setembro, o Centro de Formação de Professores da SEMEC reuniu 74 coordenadores pedagógicos. O encontro iniciou com o estudo do texto: O letramento como horizonte para a organização do trabalho pedagógico, a relação língua oral-língua escrita e a aprendizagem da escrita, da publicação Ensino Fundamental de Nove Anos: orientações para inclusão da criança de seis anos de idade (MEC, 2006, p. 91-95).

Em seguida foram apresentados os resultados da Provinha Brasil de Matemática de 55 escolas. A maioria apresentou nível 4, numa escala de 1 a 5. Os coordenadores comentaram o resultado da sua escola, apresentando o plano de ação a partir do diagnóstico.

Os bons resultados no CI 2º ano em Matemática foram atribuídos ao trabalho conjunto da escola. A diretora da E. M. Antonio Carvalho Brasil, que esteve presente no encontro, manifestou-se satisfeita com o nível 5 obtido pela escola, destacando que o êxito se deu pela continuidade no CI 2º ano, em 2011, do trabalho realizado pela professora, no CI 1º ano, em 2010.

Na sequência, foi feita a simulação da aplicação da Provinha Brasil de Leitura – teste 2. Foi observado o conteúdo abordado nas 20 questões, enfatizando a necessidade de que se trabalhe com os alunos do CI a leitura e compreensão de diferentes gêneros textuais.

Como contribuição à didática da alfabetização, foram explorados os 10 jogos de alfabetização (kit CEEL enviado pelo MEC). Observou-se que o conteúdo abordado nos jogos, com ênfase no estudo de letras, sílabas e palavras, relaciona-se ao conteúdo da Provinha Brasil de Leitura, devendo ser trabalhados antes da aplicação da Provinha.

Por fim, foi feita a análise dos resultados da avaliação dos alunos do CI 3º ano referente ao mês de agosto. Do diálogo estabelecido com os coordenadores foram propostos encaminhamentos sobre a meta de elevar, em 2011, o índice de aprovação dos alunos. O próximo encontro dos CPs será 26 de outubro.

Cronograma da Provinha Brasil de Leitura – teste 2:

19 a 23/09 - Estudo na Formação dos professores e coordenadores
26 /09 a 14/10 - Estudo e organização da aplicação na HP dos professores
17 a 21/10 - Aplicação do teste de leitura na sala de aula
24 a 28/10 - Correção e interpretação dos resultados pelos professores e CPs
31/09 a 04/11 - Planejamento a partir da análise dos resultados pelos professores e CPs
Até 04/11 - Envio dos resultados pelo link (acesso pelo blog)

Fórum Paraense de Letras


LETRAMENTO E EDUCAÇÃO: todos os fonemas são mágicos sinais...

De 20 a 22 de setembro aconteceu na UNAMA – Universidade da Amazônia – o 17º Fórum Paraense de Letras e a 15ª Semana Acadêmica de Pedagogia. A partir de conferências, mesas-redondas e comunicações de trabalhos, pesquisadores, professores e acadêmicos debateram o tema LETRAMENTO E EDUCAÇÃO: todos os fonemas são mágicos sinais, inspirado no poema Canção para os Fonemas da Alegria, de Thiago de Melo.



No evento, que teve a Profa. Therezinha Gueiros como homenageada, foram feitas quatro comunicações pelo Centro de Formação de Professores, a saber: Projeto Expertise em Alfabetização, por Lorena Trescastro, Cilene Valente, Valéria Marques e Maricilda Barros; A produção de sequências didáticas no âmbito do Programa de Formação Continuada de Professores Alfabetizadores, por Cilene Valente, Lorena Trescastro, Ângela Pereira e Rita Silva; Para gostar de ler... é preciso vivenciar!, por Vera Travassos, Maricilda Barros e Ana Maria Souza; A inserção dos alunos de 06 anos no Ensino Fundamental e o uso social da leitura e escrita, por Izabel Santos, Márcia Silva e Marinalva Costa.

Os trabalhos apresentados pela equipe da SEMEC, em interlocução com muitos outros, reafirmam a necessidade de se prosseguir estudando sobre letramento e educação. Isso porque se faz necessário propor ações no âmbito da gestão e da sala de aula para que sejam criadas condições didáticas que tornem as crianças de 6 a 8 anos leitoras e produtoras de textos.

terça-feira, 20 de setembro de 2011

PROGRAMA DE CORREÇÃO DE FLUXO ESCOLAR NA ALFABETIZAÇÃO


Aconteceu, de 19 e 20 de setembro, no Belém Soft Hotel, a II Assessoria do Programa de Correção de Fluxo Escolar na Alfabetização (GEEMPA-MEC-SEMEC) de 2011, com a participação de 60 professores de 10 municípios paraenses. A Secretaria Municipal de Educação de Belém apóia o evento e participa com 16 professores.

O programa visa reintegrar alunos com desvio idade-série nos níveis de aprendizagem que lhes correspondem no sistema escolar. Os alunos permanecem frequentando as aulas de suas turmas regulares, mas passam a integrar, durante três a quatro meses, uma turma no contra-turno, com de 25 alunos não alfabetizados.

Em sua IV fase no estado do Pará, o Programa de Correção de Fluxo Escolar na Alfabetização, coordenado pela professora Dra. Esther Pillar Grossi do GEEMPA – Grupo de Estudos sobre Educação, Metodologia de Pesquisa e Ação, reuniu dia 19 de setembro, em Belém, secretários de educação de 9 municípios paraenses, para apresentar os resultados do Programa e as perspectivas para 2012.

Além da professora Therezinha Moraes Gueiros, Secretária Municipal de Educação de Belém, participaram representantes de Garrafão do Norte, Maracanã, Moju, Porto de Moz, São Francisco do Pará, Santarém Novo, Soure, Xinguara.

Na reunião foi apresentado o relatório analítico com os resultados de Programa em 2010. Dos 4.205 alunos de 18 municípios foram alfabetizados 2.660, correspondendo a 67%, com evasão de 5%. No período, a participação de Belém foi de 1.726 alunos, com alfabetização de 79%, ou seja, de 1.667, com evasão de 3%.

Em 2011, no primeiro semestre, o programa já atendeu 18 turmas, envolvendo 366 alunos, destes foram alfabetizados 293 alunos. No segundo semestre, o programa prossegue com 13 turmas, totalizando 325 alunos. Alfabetizar alunos em desvio idade série é o foco do Programa financiado pelo Ministério da Educação em parceria com a SEMEC.

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Expertise em Alfabetização - setembro


PRODUÇÃO DE TEXTO NA ALFABETIZAÇÃO FOI O TEMA ESTUDADO COM OS PROFESSORES DE CI NA FORMAÇÃO EM SETEMBRO
De 31 de agosto a 13 de setembro, o Centro de Formação de Professores da SEMEC promoveu 9 encontros de formação do Projeto Expertise, nas escolas municipais da SEMEC, com a participação de 180 professores de CI 1º ano e 35 coordenadores pedagógicos.

O encontro iniciou com o estudo dos critérios para avaliação da produção de texto do aluno. Em seguida, com base no vídeo: Avaliação inicial na produção de texto (Nova Escola) foram identificadas pelos professores atividades a serem realizadas em sala de aula. Por fim, foi feito o estudo e o planejamento de sequências didáticas com foco na produção de textos.



Um dos encontros de formação, realizado dia 13 de setembro, na E. M. Ernestina Rodrigues, contou com a presença de todos os professores, num total de 32, pertencentes a este grupo de escolas. Para as formadoras Ângela Pereira e Rita Bastos, “as professoras estudaram os critérios da avaliação do texto e brilharam na análise que fizeram dos textos produzidos pelos alunos”.

Para contribuir com o trabalho docente foi distribuído aos professores o Material do Aluno, com atividades a serem desenvolvidas em sala de aula. No material, o ponto de partida é sempre o texto, nos diferentes gêneros: lenda, música, bilhete, direitos da criança, poesia.

Na formação, os professores receberam orientações de que o texto deve ser lido e explorado de várias formas para depois os alunos realizarem as atividades de leitura e escrita e matemática do Material do Aluno.

“A escrita de texto pelo aluno é condição básica para que esteja alfabetizado ao final do ano letivo, por isso é tão importante incluir este tema na formação dos professores alfabetizadores”, afirma Lorena Trescastro, coordenadora do Projeto Expertise.

Cronograma do Projeto Expertise em setembro
19 a 22 de setembro - formação para os professores de CI 2º ano, em três turnos, com início às 7h30, 11h30 e 15h
23 de setembro – formação dos coordenadores pedagógicos,em dois turnos, com início às 8h e 14h
26 a 29 de setembro - formação dos professores de CI 3º ano, em três turnos, com início às 7h30, 11h30 e 15h