segunda-feira, 31 de maio de 2010

II Assessoria

Programa de Correção de Fluxo Escolar na Alfabetização
GEEMPA-FNDE-SEMEC

De 01 a 02 de junho acontece em Belém, a II Assessoria do Programa de Correção de Fluxo Escolar na Alfabetização, no Belém Soft Hotel (Av. Brás de Aguiar, no. 612), promovida pelo GEEMPA - FNDE/MEC, com apoio da Secretaria Municipal de Educação de Belém – SEMEC.

A programação contará com palestras, aulas sobre didática da alfabetização e matemática e grupos de estudos sobre o andamento do Programa nas escolas paraenses, das 8h às 20, sob orientação da Profa. Dra. Esther Pillar Grossi e equipe do GEEMPA - Grupo de Estudos sobre Educação, Metodologia de Pesquisa e Ação, ONG, com sede em Porto Alegre– RS, que atua em educação a 40 anos. O foco da tecnologia é alfabetização em 3 meses.
A formação reunirá 120 professores que atuam nas turmas do Programa de Correção de Fluxo em escolas municipais. São 50 professores das escolas públicas municipais de Belém e 70 professores de outros municípios paraenses que estão aplicando a tecnologia de alfabetização do GEEMPA, dentre eles: Anajás, Bagre, Garrafão do Norte, Inhangapi, Moju, São Franscisco do Pará, São Sebastião da Boa Vista, Santarém Novo, Soure, Tucuruí.

O objetivo da tecnologia é acertar o passo das aprendizagens escolares a partir do seu limiar fundamental, que é a aquisição da leitura e da escrita de um texto. Para isso serão estudadas as didáticas da alfabetização com base nos níveis da psicogênese da língua escrita, apoiadas nas bases epistemológicas do construtivismo pós-piagetiano.
Para saber mais acesse: www.geempa.org.br.

quarta-feira, 26 de maio de 2010

Expertise em Alfabetização: contribuição ao planejamento docente


ECOAR lança mais um compêndio de textos nos encontros de formação de professores de CI 1º ano de 27 de maio a 10 de junho.

O Compêndio reúne uma coletânea de textos para serem estudados pelos professores em encontros mensais de formação continuada e nas horas pedagógicas na escola. Além de fichas didáticas para trabalharem com o aluno, o compêndio traz doze textos de estudo para subsidiar o planejamento docente. Eles tratam sobre propostas de atividades e sequências didáticas para a alfabetização de crianças.

Os doze textos, produzidos pelos formadores do ECOAR, trazem contribuições para que o professor melhore a qualidade do planejamento das aulas dando condições para que seus alunos pensem sobre o sistema alfabético da língua escrita e se apropriem de práticas sociais de letramento.

Numa diversificação de textos e temas explorados, as sugestões trazem pegadas do estar na sala de aula porque propõem um trabalho de ensino-aprendizagem da leitura e da escrita apoiado em fundamentos da alfabetização e campos semânticos ligados à cultura, à textualidade, ao lúdico e à corporeidade que marcam o universo infantil.

Segundo a coordenadora do Programa ECOAR, profa. Lorena Trescastro, “a publicação situa-se no campo da didática, apoiada na dialogia com o fazer na escola, do olhar refinado dos formadores para as ausências na intervenção docente. Além de incluir práticas de alfabetização já testadas e bem sucedidas no contexto da alfabetização desenvolvida no Projeto Expertise.”

Encontro de formação Expertise em Alfabetização CI 1º ano

Para o alcance da meta de que todos os alunos matriculados no CI 1º ano se alfabetizem no decorrer do ano letivo de 2010, o encontro de formação de professores da Expertise em Alfabetização, em junho, tratará dos conteúdos e da didática da alfabetização com base na análise dos resultados da avaliação da aprendizagem que vem sendo realizada pelos professores desde fevereiro. Os avanços da aprendizagem da escrita já podem ser observados se compararmos os resultados das avaliações de fevereiro em relação às de maio. Com base no estudo será elaborado, por escola, o planejamento de aulas para o mês de junho.

A pauta da formação iniciará com a escrita e a leitura em voz alta, pelo professor, de um texto sobre o melhor dia de aula do mês de maio. O conteúdo de seu texto será analisado pelos colegas, identificando as condições didáticas criadas e suas ausências. Com esta análise serão apontadas condições didáticas da alfabetização que ainda são pouco trabalhadas pelos professores em sala de aula, para que as incluam em seu planejamento.

Em seguida serão retomados os conteúdos da alfabetização, já estudados na Hora Pedagógica na escola, para o estudo de práticas didáticas de leitura e de escrita a partir de um vídeo: Textos que se sabe de cor (PROFA/MEC). A observação do que fazem os professores e os alunos no vídeo exibido poderá contribuir para a reflexão da prática docente. Dando continuidade, serão analisados os resultados da avaliação da escrita da criança, por escola, para definir metas e condições didáticas para subsidiar o planejamento.

Para finalizar o encontro, será feito o lançamento do compêndio de textos, elaborado pelos formadores do ECOAR, Expertise em Alfabetização: contribuição ao planejamento docente. Após a leitura da apresentação, feita pela Secretária, profa. Therezinha Moraes Gueiros, será estudada a sequência didática com o campo semântico Festa Junina para orientar o planejamento para junho, observando as condições didáticas da alfabetização. Participam da formação 274 professores.

Cronograma dos encontros de formação

27 de maio – 8h, na E. M. Donatila Lopes – Formadoras Cilene Valente e Luiza Pereira
01 de junho – 8h na E. M. Francisco Nunes – Formadoras: Ângela Pereira e Rita Bastos
01 de junho – 8h, na E. M. Walter Leite Caminha – Formadoras: Socorro Cabral e Madalena Martins
01 de junho – 8h, na E. M. Alfredo Chaves – Formadoras: Izafira Gregianin e Rosimar Miranda
02 de junho – 8h, na E. M. Miguel Pernambuco Filho – Formadoras: Socorro Lima e Valéria Risuenho
02 de junho – 8h, na E. M. Ruy da Silveira Brito – Formadores: Elienae Nascimento, Walter Braga e Renato Pinto
07 de junho – 8h, no Centro de Formação de Professores - SEMEC – Formadoras: Marta Ferreira e Kátia Nina
10 de junho – 8h na E. M. Silvio Leandro – Formadoras: Maricilda Barros e Vera Travassos
10 de junho – 8h na E. M. Alzira Pernambuco – Formadores: Isabel Santos e Mauro Domingues

segunda-feira, 24 de maio de 2010

II ENCONTRO DE FORMAÇÃO EXPERTISE DO COORDENADOR


Reuniram-se 61 coordenadores pedagógicos das escolas municipais de Belém, no auditório do Núcleo de Informática Educativa – NIED, em 24 de maio, das 8h às 12h, para o II Encontro de Formação Expertise do Coordenador, como parte do Programa ECOAR, sob orientação dos formadores do Grupo-base da Secretaria Municipal de Educação-SEMEC.

No encontro foram estudados, em equipe, os conteúdos da alfabetização, sob orientação da Profa. Lorena Trescastro, com ênfase para as situações didáticas: leitura feita pelo professor, produção de texto, escrita e leitura pela criança. Cada equipe apresentou o que deve fazer o coordenador pedagógico para que as condições didáticas da alfabetização sejam criadas na escola.


Após o estudo, foram analisados, pela Profa. Cilene Valente, os resultados da avaliação da aprendizagem das crianças de CI em escrita, produção de texto e matemática, sendo 6.304 alunos de CI 1º ano, 2.571 alunos de CI 2º ano e 1.457 alunos de CI 3º ano, totalizando 10.332 alunos avaliados em abril de 2010. Foram expostos, também, pelas formadoras Rosimar Miranda e Rita Bastos, os resultados da Provinha Brasil, aplicada em 51 escolas e 6 unidades pedagógicas, no mês de abril, totalizando 4.670 alunos avaliados de CI 2º ano.


Para finalizar foram feitos encaminhamentos para melhoria dos resultados da aprendizagem nas escolas, incluindo estudo de sequências didáticas para a alfabetização no Compêndio Expertise em Alfabetização: contribuição ao planejamento docente que foi entregue aos coordenadores para subsidiar os estudos nas Horas Pedagógicas nas escolas. O próximo encontro de formação será dia 23 de junho de 2010.


quarta-feira, 5 de maio de 2010

Programa de Correção de Fluxo em Belém

Tecnologia de correção de fluxo escolar na alfabetização
GEEMPA-FNDE-SEMEC

Acontece em Belém de 6 a 8 de maio, no Belém Soft Hotel (Av. Brás de Aguiar, 612), com apoio da Secretaria Municipal de Educação de Belém – SEMEC, a primeira Assessoria do Programa de Correção de Fluxo Escolar na Alfabetização GEEMPA/FNDE/SEMEC, com programação intensiva, das 8h às 21h, sob orientação da Profa. Dra. Esther Pillar Grossi, para acompanhamento do trabalho dos professores de 10 municípios paraenses que estão aplicando a tecnologia de alfabetização do GEEMPA - Grupo de Estudos sobre Educação, Metodologia de Pesquisa e Ação, com sede em Porto Alegre – RS. O foco da tecnologia é alfabetização em 3 meses.
Além de Belém, com 50 participantes, participam da Assessoria professores de outros municípios do Pará: Bagre (09), Garrafão do Norte (05), Inhangapi (04), Moju (14), São Franscisco do Pará (03), São Sebastião da Boa Vista (03), Santarém Novo (04), Soure (05), Tucuruí (10). A Assessoria reúne 104 professores que realizaram o curso em fevereiro e, atualmente, atuam nas turmas do Programa de Correção de Fluxo em escolas municipais.
Paralelamente à Assessoria, o GEEMPA promove, no mesmo local, um curso com 60 professores de 10 municípios do Pará: Xinguara, Brejo Grande do Araguaia, Breu Branco, Moju, Bom Jesus do Tocantins, Porto de Moz, São Sebastião da Boa Vista, Maracanã, Terra Alta e Tucuruí, além de um município do Amapá: Mazagão.
De acordo com a Coordenadora Municipal do Programa em Belém, profa. Lorena Trescastro, “o objetivo da tecnologia consiste em acertar o passo das aprendizagens escolares a partir do seu limiar fundamental, que é a aquisição da leitura e da escrita de um texto. Para isso são estudadas as didáticas da alfabetização com base nos níveis da psicogênese da língua escrita, apoiada no Construtivismo pós-piagetiano”.
Para saber mais acesse: http://www.geempa.org.br/)

EXPERTISE DO COORDENADOR





Programa ECOAR reúne 85 coordenadores pedagógicos

Dia 28 de abril, reuniram-se no auditório do NIED 85 coordenadores pedagógicos que acompanham as turmas de CI nas escolas municipais para o I Encontro de Formação Expertise do Coordenador de 2010, como parte das ações do Programa ECOAR.

Na formação foram realizados estudos sobre a Didática da Leitura, Avaliação da Aprendizagem em Produção Escrita e Matemática, pelas formadoras Cilene Valente e Luiza Pereira. Também foi apresentada, pela coordenadora do Programa, profa. Lorena Trescastro, a estrutura da formação do Projeto Expertise em Alfabetização, com formação mensal para 540 professores de CI (três primeiros anos do Ensino Fundamental de 9 anos) e o papel dos coordenadores no acompanhamento das ações na escola. Ao final foram entregues certificados aos Coordenadores que participaram dos 8 encontros em 2009. O II encontro de formação será dia 24 de maio (segunda-feira), no mesmo local.

A formação para os coordenadores pedagógicos com foco em Leitura e Produção de Textos vem sendo realizada, pela equipe do Ecoar a quatro anos. Sendo que nos dois primeiros anos, 2007 e 2008, concedeu ao município de Belém o prêmio Referência em Formação Continuada de Professores Alfabetizadores - Além das Letras, pelo Instituto Avisa Lá.